Quais são suas manias?

28 mar

Conheci nessa semana o blog do Michel Laub e a categoria de posts Escritores e Manias. Recomendo a leitura. Depois de descobrir as manias de alguns colegas, comecei a pensar se tenho alguma. A princípio não encontrei nenhuma e me senti muito normal. Pensei mais um pouco.

Quando começo um trabalho dramático, de curta a série, preciso fazer a estrutura em folhas de papel sulfite e colá-las na parede da minha sala. Já tive a sala toda enfeitada por papéis, fazendo com que a minha casa pareça bem estranha ás vezes. Tenho que visualizar a história por completo e só consigo se ela estiver assim. No computador não dá. Depois disso, faço uma bonita e colorida tabela de Excel, sim, tabela de Excel, mais completa que as folhas penduradas na minha parede.

Antes de passar para o texto, conto a história para mim mesma e a gravo em um gravador digital. Sempre surgem idéias nessa hora. Mas não faço isso olhando para a tabela ou para as folhas, gravo enquanto coloco roupa na máquina de lavar, enquanto me maquio para sair. É muito engraçado me ver no espelho falando sozinha como falo com as pessoas, gesticulando e tudo mais. Ás vezes ando pela casa, com o gravador em uma mão, gesticulando com a outra e falando, falando e falando. E me faço perguntas e eu mesmo as respondo, claro. Meu cachorro adora essa fase, não tira os olhos de mim.

Na hora da escrita propriamente dita, primeiro preparo um bom café, bem forte. Encho uma xícara imensa, esvazio o cinzeiro e os apoio, junto com o maço de cigarros, no braço direito da minha poltrona. O notebook fica no esquerdo. Vou bebendo o café aos poucos, ele esfria. Bebo o café preto forte gelado então. Quando o cinzeiro se enche com cinza e pontas de 5 cigarros, o esvazio. Sempre quando chega ao número 5, nem antes e nem depois.

Quanto ao horário, prefiro trabalhar a noite, depois das 10 para ser mais específica. Viro tranquilamente a madrugada e com certeza produzo muito mais nesse horário. Só que isso nem sempre é possível. Como todo mundo, tenho atividades que precisam ser feitas em horário comercial e também a minha saúde não aguentaria por muito tempo a rotina de trocar o dia pela noite. Gosto de trabalhar também quando acordo, não quis dizer pela manhã porque nem sempre acordo pela manhã. Não sei por quanto tempo escrevo até almoçar, depende da dead line, da quantidade de coisas que tenho no momento. O ritual é o mesmo, café preto na xícara imensa junto ao cigarro e cinzeiro no braço direito da poltrona.

Se escrevo antes do almoço, reviso pela noite. Se escrevo a noite, reviso depois que acordo. Deixo o material dar uma descansada para voltar a vê-lo. Gostei da “dica” do Antonio Prata, que imprime o texto para revisar. Concordo plenamente que o Final Draft, o Word e o Pages misteriosamente escondem erros tolos de português. Vou testar desse modo. Também não os enxergo enquanto escrevo esse post e nem quando peço para visualizar o artigo antes de publicá-lo. Caso haja algum erro, só o perceberei depois de publicado, quando o reler.

Ao contrário da maioria dos escritores dos artigos, não consigo escrever no silêncio porque ele me distraí. Preciso do barulho mecânico da TV. Não pode ser música, tem que ser a TV. Algumas vezes a TV normal, qualquer coisa que esteja passando naquela hora ou então se o trabalho tem referências como filmes ou séries, coloco-os no dvd e os deixo passando. Como moro sozinha e trabalho em casa, ter pessoas ao redor na hora do trabalho é raro, mas se vou para outro lugar ou se tenho parceiros, também não me atrapalham, podem conversar tranquilamente, que apenas escutarei uma murmúrio sem ter idéia do que se trata.

Não costumo fazer escaletas muito detalhadas quando trabalho sozinha, mas uso o gravador. E falando, naquele mesmo esquema, surgem diálogos, detalhes da cena e outras coisas.

Também não temo diante da página em branco do Final Draft. Gosto dela. A única coisa é que ao contrário do Pages, odeio bagunçar o Final Draft. Então escrevo as cenas em ordem e sem fazer anotações. Sei lá, devo o achar meio sagrado.

Quando dou uma travada e não consigo sair de qualquer coisa que seja, saio para dar uma volta a pé por uma hora ou mais. Sento em algum café, observo os lugares e as pessoas mas sem ficar pensando no trabalho, descanso. Volto para casa a pé e sempre por outro caminho. Ou então, uma coisa bem de mulher, faço as unhas. Primeiro penso na cor, aí escolho entre os milhares de tons da tal cor, tiro o esmalte antigo, tiro as cutículas, lixo as unhas e as pinto, com muito cuidado para não borrar. Só volto ao trabalho depois do esmalte secar.

Tenho um escritório em casa. Escolhi o apartamento que moro porque tinha uma peça para funcionar como escritório. Curiosamente não consigo trabalhar lá, escrevo na sala e reviso no meu quarto, deitada na cama com o notebook apoiado nas pernas. Vai entender.

Bom, tudo isso acontece em condições perfeitas de tempo, pressão e umidade do ar. Na grande maioria das vezes, sem o glamour e principalmente sem tempo, me sento na minha poltrona, com o café, cigarro e cinzeiro do lado direito, antes do almoço, depois e a noite e simplesmente escrevo. Sem mais. Há uma coisinha chamada dead line que precisa ser cumprida sem atraso. Ponto.

E você, quais são suas manias?

Anúncios

2 Respostas to “Quais são suas manias?”

  1. Raimundo Lonato 1 de abril de 2012 às 2:59 am #

    Escrevo quase todos os dias. Mais sinto que a minha produção é mais rica durante a noite, após 1 hora. Manias:às vezes cheiro gasolina. Tenho uma garrafinha na mesa do computador.Quansado das teclas,dou uma cheirada, pinta uma ideia e voltas às teclas.Outramania: quando escrevo,fumo,pouco. Acendo um cigarro e apago.Acendo lumos várias vezes, e apago.
    Escrevo poesia,contos,hist´rias infantojuvenis. Tenho projetos para roteiros,escrevi alguns. Mas ainda não me dediquei aos tratamentos.

    • Tatiane de Mello 23 de abril de 2012 às 6:20 am #

      Sério essa história da gasolina? Queria fumar pouco também. Impossível rsr.
      Acho o tratamento a melhor parte do roteiro, você vê de verdade o que escreveu, sente os personagens. Devia tentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: