Tag Archives: Imigrantes Italianos na América

Genialidade – I

23 set

É bem evidente que meu filme favorito em todos os quesitos imagináveis é O Poderoso Chefão, a trilogia. Não vou fazer um doctoring do roteiro porque seria antes de mais nada estupidez da minha parte, esse roteiro é irretocável. Então, irei elogiar.

Vou falar da primeira cena de O Poderoso Chefão – I, do trecho que vai de 23 até 32 segundos no vídeo acima. Sim, só 9 segundos. E sim, dá para ser genial nesse pequeno espaço de tempo.

Bonasera abre a cena falando : Eu acredito na América. A América fez minha fortuna. Eu criei a minha filha do jeito americano. Dei liberdade a ela, mas avisei para nunca desonrar a sua família.

Tenho certeza absoluta que na grande maioria dos casos, autores, escritores, roteiristas e o nome que vocês quiserem dar, escrevem uma coisa sem subtexto, sem nenhum outro significado contido e nós, sempre querendo ser inteligentíssimos, ficamos pirando e bolando milhares de teorias sobre coisas que não tem nada a ver com o que está escrito. Às vezes um ovo, é só um ovo, entendem? Mas não nesse caso. Não nesse filme.

1 – Eu acredito na América – Todos sabem a história de miséria que viviam na Itália os imigrantes que vieram para a América. A América era a única chance deles. Era a terra prometida.

2 – A América fez minha fortuna. – Como era tudo ou nada, trabalharam. Não passariam pelas dificuldades que passavam em sua terra natal e sabiam que tudo dependia do trabalho deles, já que dinheiro não tinham. Mas passaram a ter  e fizeram suas fortunas.

3 – Eu criei a minha filha do jeito americano – Vieram, trabalharam, conseguiram uma situação melhor de vida e tiveram filhos e aqui os criaram porque agora, a América era o lugar deles. Isso fica muito claro no filme com a relação entre o Michael e Don Vito.  Michael é um soldado defendendo os Estados Unidos. Don Vito sonha com o dia em que ele será Congressista. Os italianos adotaram os lugares onde passaram a viver.

4 – Dei liberdade a ela, mas avisei para nunca desonrar a sua família. – Bem, amamos esse país, jamais voltaremos a Itália, mas, vivemos sobre as regras de lá, cazzo! Somos italianos e somos orgulhosos de quem somos, capiche?

Essas quatro  frases do Bonasera representa toda a história dos imigrantes italiano na América. Servem para explicar  o contexto do Don Corleone e sua família. Na parte II, essas frases são encenadas na história do Don Vito. Muitos de nós conhecem de perto, dentro de casa, essa história. Mas o restante do mundo, que nada sabe sobre o conceito de Família para italianos, não sabem como é a história desses imigrantes que chegaram em outro continente sem nada no bolso e prosperaram? Mario Puzo e Francis Ford Coppola explicam. Em quatro frases. Simplesmente brilhante.